She-ra e As princesas do Poder

She-ra e As princesas do Poder

She-Ra e as Princesas do Poder é uma série em desenho animado americana desenvolvida por Noelle Stevenson e produzida pela DreamWorks Animation Television. A série estreou em 13 de novembro de 2018, na Netflix. Acompanhe abaixo, o review SEM SPOILERS da série animada.

A animação da Netflix com a DreamWorks me fez rir, torcer, amar, odiar e chorar.

Confesso que comecei a assistir como minha companhia dos momentos de refeição, sem muita expectativa e nem terminada a primeira temporada (são 5) eu já estava vidrada.

Quando vi nas sugestões, achei que seria um remake apenas. Afinal, eu no auge dos meus 3.0 assisti He-Man (kkkkkcrying). Pois tive uma grata surpresa! A história apresentada mostra não só lutas e magia, traz também  a importância da amizade, do apoio, da superação e do trabalho em equipe. E o que me tocou mais forte: o refletir e mudar de lado.

Existe uma guerra há muitos anos entre a Horda e as Princesas pelo planeta Etéria. Adora que é a garota que se transforma em She-ra! cresceu ao lado dos maus (achando que eles eram bons)  e quando sai dos muros da Horda e vê as pessoas, o seu entorno  e se questiona sobre quem realmente é o certo e de que lado ela mesma quer ficar.

Todos os personagens no momento certo ganham profundidade e você passa a entender suas ações. E trata muito da dualidade: somos puramente bons ou maus? O tempo todo?

Os poderes das princesas mostram-se também complementares, o que dá uma fina costura à trama. A animação aborda temas como a diferença entre as pessoas serem um ganho para a sociedade, sobre justiça, sobre amor, sobre ciúmes, sobre o luto e até mesmo da importância de achar seu próprio caminho e como ter apoio nessa jornada é essencial.

Outro ponto positivo é a forma como os relacionamentos amorosos são abordados com naturalidade independente de sua constituição.

Prepare-se para rir e chorar muito.

Ah, só a música de abertura que é brega (mas eu amo).

She-ra

Bora maratonar? Se assistir me conta!

Dri Lulho

Dri Lulho

Professora de pequeninos, leitora voraz, jogadora de RPG, viciada em Stardew Valley e doida por cachorros. NERD desde sempre, buscando compartilhar conhecimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.