Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1 – Nostalgia e temas atuais

Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1 – Nostalgia e temas atuais

Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1 (Masters of The Universe: Revelation) é a mais nova animação da Netflix, continuando diretamente a série dos anos 80 que aqui no Brasil ficou conhecida como “He-Man e os Mestres do Universo”. Trazendo incríveis explicações que não foram reveladas na série original e um foco totalmente direcionado a história de Eternia, esta nova animação trabalha temas atuais e traz sentimentos de nostalgia mesclados com nossas experiências. Acompanhe abaixo, nosso review SEM SPOILERS dos 5 primeiros episódios lançados da série.

Quando a Nostalgia encontra os dias de hoje

Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1 é um tipo de animação que hoje em dia (por motivos bem idiotas, diga-se de passagem), costuma causar muita revolta entre os internautas. A série traz uma nova roupagem para a série original, trazendo roupas/modelos novos para todos os personagens conhecidos da famosa franquia dos anos 80. Sim, até o He-Man está com um modelo novo (e se você entendeu que isso é pra vender bonecos, VOCÊ ACERTOU!). Outro grande detalhe da série, é que ela é uma continuação direta da série anterior, mas você não precisa necessariamente assistir a série dos anos 80, já que aqui é tudo explicado sucintamente logo no primeiro episódio e ao longo dos outros quatro episódios restantes, você é totalmente contextualizado de todo este universo, desde suas regras a como ele surgiu.

Salvando Eternia Parte 1
Sim… a série quer vender bonequinhos também…

Outra coisa a se levar em conta, é que a série original tinha uma premissa mais infantil e instrutiva. Geralmente corria um problema em Eternia por causa do Esqueleto ou qualquer outra ameaça, He-Man surgia, salvava o dia e no final, explicava para o espectador (tanto para crianças quanto para alguns adultos que não aprendiam nada com a vida), sobre o que é certo ou errado para vivermos melhor em sociedade (pena que tem muita gente que não aprendeu nada com o He-Man).

As famosas lições do He-Man… muita gente não entendeu nada

Mas é aí, que a Nostalgia encontra os assuntos atuais. A essência da série dos anos 80 está toda lá: A Mitologia, os personagens, os eventos. Mas, agora o problema é muito mais sério do que uma treta entre a Montanha da Serpente e o Castelo de Greyskull, o nome em português da animação: Salvando Eternia Parte 1, combina muito com o que vemos aqui. Agora a coisa ficou muito mais série e não só Eternia, como todo o universo que faz parte, pode desaparecer, devido aos eventos do primeiro episódio da série. Outra coisa muito importante a se observar, é que a série trabalha muito mais o que é e como é, a persona do He-Man. Por mais que assistindo a série você vai notar que outros personagens ganharam destaque e um desenvolvimento que a série original não trazia, a série faz questão de mostrar que Adam e He-Man são personagens diferentes e que só compartilham o mesmo coração.

Outra coisa muito atual da série, é que ela trabalha sentimentos e relacionamentos de uma forma muito natural e que hoje em dia, são muito mais aceitos em sociedade, mas que ainda causam problemas para pessoas que não gostam de expressar seus sentimentos. A série trata de temas como amizade, rejeição, mentiras, discriminação, proteção exacerbada (isso mesmo, a famosa “redoma ante-problemas” que muitos pais colocam em seus filhos), relacionamentos e fanatismo religioso. Sim querido amigo… O “Desenho do He-Man” cresceu. Outro conceito muito diferente dos anos 80, mas que aqui é explorado, é que personagens podem morrer. E detalhe: Eles ficam mortos pra sempre! Pelo menos, por enquanto…

Salvando Eternia Parte 1
Animação belíssima e personagens muito bem trabalhados em Mestres do Universo: Salvando Eternia

A série faz muitas homenagens à sua antecessora. Desde personagens a equipamentos, tudo que já foi feito foi levado em conta e atualizado. Mas dentre todos os chamativos da série e isso é uma opinião pessoal minha, é que aqui vemos uma jornada de redenção de alguns personagens para um resultado maior, que é salvar Eternia. A série focou totalmente em trabalhar o universo, já visando obviamente outras temporadas da franquia. O “Team up” de heróis e vilões aqui é totalmente atrativo, mesclando a nostalgia da série clássica com todos os assuntos acima. Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1, foi uma ótima surpresa.

Alianças improváveis e muita, mas muita ação, aguardam você nestes cinco episódios

Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1, vale a pena?

Sim, vale muito. Mas recomendo que assista de coração aberto e se possível, não caia em armadilhas de “fake news” sobre o desenho. O desenho não tem o He-Man te ensinando valores, mas tem outros personagens nos dando lições de vida importantes e nos mostrando que tem horas que devemos “chutar o balde”, chorar, perdoar, sentir desconforto, nos chatear e principalmente, ENTENDER QUE ESTÁ TUDO BEM. Somos humanos afinal! Esta camada na produção em meu ponto de vista, foi a jogada de mestre. Eu fui um cara que cresceu assistindo ao He-Man fazer as coisas certas e sempre guardei muitos dos ensinamentos dele. Mas eu cresci e agora, tenho que dar estes exemplos. Os problemas crescem conosco e nossa vida muda. A Série é exatamente sobre isso: MUDANÇAS. Por isso eu digo que a série deve ser assistida com o coração aberto. Não é só o He-Man que vai te dar uma lição no final… é a série toda.

Quanto a história de fundo da animação, estes cinco episódios fecham um pequeno arco de aventuras e já coloca a famosa “ponte” para a parte 2, que ainda não foi anunciada data de lançamento. E sim, é a única coisa que não gostei na animação, pois agora fiquei ansioso pra ver o resto.

Salvando Eternia Parte 1
A Maligna de cabelos soltos, vai ganhar seu coração…

Assistam Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1, vocês vão se surpreender.

Léo Palmieri

Léo Palmieri

Pai, marido, nerd. Fã do Surfista Prateado e do Superman, juntou uma equipe de super-pessoas para trabalhar no projeto Crossover NERD com o intuito de divulgar o belíssimo mundo geek!

Um comentário em “Mestres do Universo: Salvando Eternia Parte 1 – Nostalgia e temas atuais

  1. Gostei bastante da serieno primeiro episodio, mas ver a revolta absurda do rei e da tila me chocou um pouco demais. entendo bem mais o lado da tila doque dele…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.