X-Men: Lendas Vol. 01 – Uma explosão do passado!

X-Men: Lendas Vol. 01 – Uma explosão do passado!

X-Men: Lendas é uma série em 12 partes escrita por diversos roteiristas que já passaram pela cronologia mutante, com histórias inéditas que prometem explicar pontas soltas do passado. Acompanhe nosso review SEM SPOILERS do primeiro volume.

Do que se trata essa publicação?

X-Men: Lendas (X-Men: Legends 2021) foi publicada pela primeira vez em Fev/2021 nos Estados Unidos e já conta lá fora com 10 edições lançadas das doze prometidas. Aqui, o intuito é além de aproveitar a atual alta da moral dos mutantes nos quadrinhos (coisa que estava bem em baixa nos últimos 10 anos), é também revisitar situações, arcos, histórias e acontecimentos que ficaram totalmente em aberto durante a vasta história dos mutantes.

O Volume 01 da Panini, traz as edições 1-4 da série, sendo as duas primeiras histórias escritas por Fabian Nicieza e desenhadas por Brett Booth e as duas últimas escritas pela incrível Louise Simonson e desenhadas por seu marido Walt Simonson. Ambas as histórias explicam de fato, duas pontas soltas e dúvidas que ficaram por muito tempo na cabeça dos leitores dos X-Men. E tais dúvidas foram muito bem explicadas!

X-Men: Lendas
Toda o impacto dos anos 90 no arco “O Sangue Fervente”!

Vários roteiristas/desenhistas que já passaram pelos mutantes vão explicar algo aqui. Dizem que o arco final será escrito pelo Deus dos mutantes, Chris Claremont. Vale lembrar, que esta não é a primeira tentativa de revisitar o passado dos X-Men. Isso já ocorreu várias vezes, mas poucas publicações fizeram sucesso, devido ao alto teor de tentativas de retcons que realmente não agradavam aos leitores. Para evitar isso, a ideia central em X-Men: Lendas foi de trazer realmente quem estava cuidando do período específico dos mutantes durante sua tutela no título, para que hajam histórias coesas e com o mínimo de retcons ou, pelo menos explicar muita coisa que aconteceu apenas por acontecer.

X-Men: Lendas
Arcanjo em ação!

E as quatro primeiras edições que vem no Vol. 01? Prestam?

Aqui temos dois arcos de histórias distintos…

O primeiro arco em duas partes, chamado de “O Sangue Fervente“, traz uma história focada totalmente na conturbada família Summers, onde o foco é explicar a origem de um dos personagens mais chamativos e explosivos dos anos 90: Adam X (Adam X-Treme). O mais interessante, é que essa história se passa totalmente durante o período que Nicieza teve com os mutantes nos anos 90 e aqui explica um dos subplots mais confusos e atualmente, abandonado dos irmãos Summers: O terceiro irmão Summers. Até aquele período de histórias, sabíamos que Scott (Ciclope) e Alex (Destrutor) eram os únicos irmãos, mas em um certo momento da run original de Nicieza, o Senhor Sinistro havia dito que os dois tinha pelo menos mais um ou dois irmãos. Neste explosivo arco em duas partes, vamos descobrir todas as explicações e detalhes que ficaram em aberto na época. A título de informação, aqui se confirma algo que sempre foi um rumor.

Ah! Por se tratar de algo relacionado aos anos 90, Brett Booth se assegurou de desenhar tudo no melhor estilo de ação dos quadrinhos da época, com Splash pages, destruição desenfreada, onomatopeias diversas, trabucos gigantes, personagens fortões e bem detalhados, pochetes e jaquetas para todos os lados. Nada melhor do que revivermos uma publicação do período com TODOS OS CLICHÊS possíveis dos anos 90. Fantástico! E sim… Cable aparece!

X-Men: Lendas
O pai tá on!

O segundo arco em duas partes, com as histórias “Transformações” e “Ferramentas“, traz uma história do X-Factor logo após os eventos do crossover mutante “Inferno” de 1988, onde a equipe mutante tem sua atual base na nave de Apocalipse e com Warren já como o Arcanjo. Os roteiros de Louise Simonson mostram que aqui ela queria de fato uma história intermediária para o próximo arco da equipe, que aconteceu na época em que ela era a roteirista e seu marido, Walt Simonson, o desenhista, que aqui mostra que não perdeu nem um pouco de seu incrível traço. A história explica mais sobre o envolvimento do vilão Cameron Hodge, lider do grupo anti-mutante “A Direita” com o super-vilão Apocalipse, explicando conceitos de sua aliança e que ficaram totalmente em aberto. Aliás, detalhes sobre a nave-base do X-Factor começam a ficar muito mais claros e explicam algumas situações que na época, passaram totalmente na dúvida. Um arco muito bem escrito e detalhado, com uma novidade que não vamos revelar por ser spoiler.

Com relação ao estilo e arte, os roteiros dessa história são um pouco mais verborrágicos e os traços um pouco mais conservadores com relação ao arco anterior (a intenção obviamente era emular o traço dos anos 80), mas o desenvolvimento parece ter muito mais a oferecer para a cronologia mutante do que só a confirmação de rumores que a história do arco dos anos 90 trouxe. É muito bom ver Louise e Walter Simonson trabalhando tão bem mais de 30 anos depois com os mutantes!

Uma splash page pra ninguém botar defeito por Walter Simonson!

X-Men: Lendas vale a pena?

Pessoalmente falando, sim! Sou um fã incondicional dos mutantes e particularmente o período do fim dos anos 80 e todo os anos 90 foram a época em que mais li material dos X-Men. Ler essas quatro edições neste volume, feitas com muito carinho por artistas que já passaram pelo título e com a preocupação de nos trazer essa nostalgia de volta, valeu muito para mim. Porém, é bom avisar: Este primeiro volume que traz as quatro primeiras edições da série está com um preço deveras salgado (104 páginas e capa-cartão por R$ 24,90 no site da Panini). Então quem sabe, aguardar uma promoção da Amazon ou até mesmo da Panini, seria mais interessante.

Espero que este humilde review, tenha lhes dado vontade de ler essa nostálgica publicação. Caso queiram adquirir esta publicação, clique aqui para comprar com desconto no site da Amazon!

Periodicidade: Quadrimetral
Formato: 17X26 cm
Autor(es): Brett Booth, Fabian Nicieza, Louise Simonson, Walt Simonson
ISBN: 9786559606375

Léo Palmieri

Léo Palmieri

Pai, marido, nerd. Fã do Surfista Prateado e do Superman, juntou uma equipe de super-pessoas para trabalhar no projeto Crossover NERD com o intuito de divulgar o belíssimo mundo geek!

Um comentário em “X-Men: Lendas Vol. 01 – Uma explosão do passado!

  1. Parece maneira a iniciativa de revisitar os períodos e usando as equipes criativas da época. Acho que está dando certo. Mesmo simulando o traço dos anos 90, os desenhos parecem mais certos. Tem mais maturidade ali.
    Não sei se eu compraria por esse preço. Está realmente salgadinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.