fbpx

X-Men: A série Animada – Review

X-Men: A Série Animada é lembrada até hoje como a melhor adaptação dos X-Men fora dos quadrinhos. Este nostálgico desenho conseguiu adaptar de forma coesa e com alterações simples, algumas das grandes sagas do supergrupo e criou arcos dentro da animação que são lembrados até hoje. Se a trilha de abertura tocou em sua cabeça agora, acompanhe o nosso review!

X-Men: A série Animada
Um sucesso chamado X-Men!

E aí, meu chapa?

X-Men: A Série Animada, também conhecida como X-Men: The Animated Series é uma serie animada de televisão norte-americana que estreou em 31 de outubro de 1992 nos Estados Unidos no canal Fox Kids. A série durou 5 temporadas, com um total de 76 episódios, encerrando sua exibição em 1997. Na mesma época, os desenhos do Homen-Aranha (foi exibido no Brasil também), Hulk e Homem de Ferro também eram exibidos nos Estados Unidos.

X-Men: A série Animada
Ação atrás de ação! Essa era a vibe do desenho!

No Brasil, o desenho estreou pela TV Globo em 03/01/1994, no extinto programa infantil ‘TV Colosso’. Com uma dublagem excepcional, foi a porta de entrada para muitas pessoas no mundo dos super-heróis e consequentemente, muita gente foi atrás dos quadrinhos após assistir a série. A série foi reprisada até meados de 2009 no Brasil.

Trazendo uma variação da equipe azul dos quadrinhos, a formação básica da equipe na série eram Ciclope, Tempestade, Jean Grey, Vampira, Gambit, Fera e o preferido dos brasileiros: Wolverine. Era muito comum durante a época de exibição ver o Wolverine em toda e qualquer parede. Tudo isso sobre a tutela do poderoso telepata Charles Xavier. Da trilha de abertura ao episódio, o desenho era demais. Um Fenômeno!

X-Men: A série Animada
Wolverine, o personagem preferido dos Brasileiros

Outro detalhe muito interessante da série, é a integrante Jubileu, que é a novata na equipe e protagoniza várias situações engraçadas. Jubileu servia também, para aproximar o espectador aos membros antigos da equipe, sempre fazendo as perguntas que todo mundo queria fazer.

As sagas de X-Men: A série Animada

A série animada dos X-Men, conseguiu adaptar com maestria muitas das sagas famosas da equipe. Da ‘Saga da Fênix‘ a ‘Dias de um Futuro Esquecido‘, muitas mudanças foram feitas nos enredos originais para que as situações se encaixassem na equipe do desenho. E deu certo! Eu como um grande fã da equipe, não senti estas mudanças como negativas e em algumas situações, ficavam até melhores que nos quadrinhos.

A saga da Fênix Negra, adaptada de forma inteligente!

Umas das situações constantes na série, era que as vezes eram mostrados mutantes famosos pelo menos em flashes rápidos, pelo menos para mostrar que o universo era grande e tinha essa preocupação. Era possível ver desde o Capitão Britânia a sua irmã Psylocke. Fora mutantes, houveram participações de heróis como o Capitão América, Máquina de Guerra, Miss Marvel (durante o arco da história de Vampira), Kazar e outros. Se você piscasse, perdia as referências.

Até o Capitão América fez uma ponta no desenho.

Algumas sagas da dupla Claremont & Byrne também foram adaptadas, como A Saga da Fênix, A Saga da Fenix Negra, A Chegada da Tropa Alfa, Xavier contra o Senhor das Trevas, Dias de um Futuro Esquecido e outros. Vale lembrar, que a fase da dupla na frente do título nos quadrinhos, é considerada por muitos como a melhor. Ponto positivo para os produtores da série.

Haviam também, arcos próprios que eram muito bons. Para citar alguns: A Noite das Sentinelas, Mojovisão, O Valor de um homem, Fugitivos do Tempo e outros. A Série era divertida demais e todo mundo, corria ao chegar da escola para assistir.

O arco próprio “O valor de um Homem” mostra um futuro apocalíptico.

O sucesso após o término

X-Men: A Série Animada foi importante no Brasil, mas também no mundo. Desde o fim dos anos 70, os X-Men era o supergrupo que mais vendia na Marvel e isto continuou até meados dos anos 2000. O Lançamento do filme live action ‘X-Men‘ de 2000 e também o lançamento de outra série animada, o ‘X-Men Evolution’, sacramentou a “X-Men Mania” em nosso país.

A Disney, atual proprietária dos personagens mutantes, divulgou recentemente o interesse em continuar a série animada diretamente de onde parou. Porém, ainda são necessários alguns trâmites e não há confirmações do início das produções. Vamos torcer para que isso se torne realidade!

X-Men: A série Animada
Desenho que deixou saudades!

E aí? Gostavam de assistir essa série? Comentem aí o que vocês achavam da série e quantas vezes mataram aula para assistir! Caso queiram adquirir quadrinhos dos X-Men, clique aqui e veja o que tem de bom na Amazon. X-Men é diversão garantida!

Obrigado pela atenção e até mais!

Avatar

Léo Palmieri

Pai, marido, nerd. Fã do Surfista Prateado e do Superman, juntou uma equipe de super-pessoas para trabalhar no projeto Crossover NERD com o intuito de divulgar o belíssimo mundo geek!

%d blogueiros gostam disto: