Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos da era moderna

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos da era moderna

Após o sucesso do universo cinematográfico da Marvel, os quadrinhos e seus personagens estão em voga novamente. Desde a publicação da primeira história do Superman em 1938 até agora, muitos números de vendagem se perderam com o tempo, mas durante a era moderna dos quadrinhos (Era de bronze ao pós Crise nas Infinitas Terras), os números são de certa forma mais coesos. Portanto, neste Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos, você acompanha quais foram as edições de quadrinhos mais vendidos da era moderna. Os números de venda estão aproximados e foram retirados de várias fontes na internet. Conheça os títulos:

10 – Spawn (1992) nº01 (1.7 Milhões de Cópias)

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos

Durante o início da revolução na indústria dos quadrinhos que a Image Comics fez nos anos 90, um de seus fundadores, o canadense Todd McFarlane, criou o sombrio e explosivo Spawn. Recém vindo de seu sucesso com sua run na revista Homem-Aranha (1990), McFarlane contribuiu nesta revolução com o quadrinho independente mais vendido da história e que é publicado até hoje (Isso mesmo, 29 anos de publicações ininterruptas). Spawn nº01 foi publicada no Brasil em Março de 1996.

09 – Superman: Man of Steel (1991) nº22 (1.71 Milhões de Cópias)

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos

Sendo parte da Saga “Reign of the Supermen”, conhecida no Brasil como O Retorno do Superman, é nesta história que começam a ser introduzidos os quatro personagens que aparecem após a morte de Superman em sua luta contra Apocalypse: Aço, Superboy, Erradicador e o Super-Ciborgue. Esta edição foi publicada no Brasil em Setembro de 1994, na coleção em três volumes da saga “O Retorno do Super-Homem“.

08 – Adventures of Superman (1987) nº501 (1.72 Milhões de Cópias)

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos

Mais da saga “O Retorno do Superman” e desta vez, trazendo a primeira aparição do Superboy, mais conhecido carinhosamente por nós brasileiros como o “Superboy de Jaquetinha“. Publicada na história Tie-In do evento do Retorno do Superman chamada: Super-Homem: Além da Morte em Junho de 1994 e depois, com mais detalhes durante a coleção em três volumes da Saga “O Retorno do Super-Homem“.

07 – Superman (1987) nº78 (1.78 Milhões de Cópias)

Olha só… mais uma edição relacionada à “O Retorno do Superman”. E há quem diga que esta saga é ruim… Mas não, ela foi insana, com muita ação e com desdobramentos que seguiram até acontecimentos atuais no universo da DC. No Brasil, foi publicada pela primeira vez em Setembro de 1994 no primeiro volume da Saga “O Retorno do Super-Homem“.

06 – Action Comics (1938) nº687 (1.8 Milhões de Cópias)

Quem diria… Superman de novo! Fazendo parte da saga “O Retorno do Superman”, é aqui que vemos como se dá a “ressurreição” do Superman na Fortaleza da Solidão. No Brasil, foi publicada pela primeira vez em Setembro de 1994 no primeiro volume da Saga “O Retorno do Super-Homem“.

05 – Spider-Man (1990) nº01 (2.5 Milhões de Cópias)

Depois de uma run de sucesso ao lado de David Michelinie desenhando o Homem-Aranha e estabelecendo um novo patamar de ilustração do herói e ganhando fãs por todo o mundo, Todd McFarlande ganhou um título para si do aracnídeo chamado apenas de “Spider-Man”, onde ele além de desenhar, escreveu as histórias. Lançado com muitas capas variantes e com todo o clichê de ação possível que McFarlane sempre desenhou, esta revista se tornou lendária. Publicado no Brasil pela primeira vez em Março de 1992 trazendo o primeiro arco da revista, Tormento.

04 – Superman (1987) nº75 (3 Milhões de Cópias)

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos, temos uma revista que é considerada como a “culpada” por todo problema editorial e da criação da famosa “bolha” dos quadrinhos nos anos 90. Muitos acreditam que todo o hype e divulgação da mídia relacionado ao evento da Morte do Superman, começou esta situação onde não só os fãs compravam as revistas, mas também especuladores compravam de 4 a 6 exemplares para venderem no futuro. O “S” sangrando na capa, pôsteres e splash pages desta edição são considerados como ferramentas para turbinar as vendas. Esta história foi publicada no Brasil na primeira parte de “A Morte do Super-Homem“, em Novembro de 1993.

03 – Adventures of Superman (1987) nº500 (4,2 Milhões de Cópias)

Se a morte do Superman foi um sucesso, imagine seu retorno explosivo. Mas desta vez as Comic Shops estavam preparadas e reservaram exemplares extras para os especuladores comprarem nos EUA. Vale lembrar, que estas revistas vinham cheias de extras como pôsteres, capas variantes e tudo que a molecada americana tinha direito. O retorno do herói passa por um evento no além morte nesta edição. No Brasil, esta história foi publicada em “Super-Homen: Além da Morte” em junho de 1994.

02 – X-Force (1992) nº01 (5 Milhões de Cópias)

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos

É difícil imaginar que Rob Liefeld, um dos piores desenhistas que já colocaram a mão em um lápis, seja o autor da segunda maior revista já vendida da história da nona arte. Mas vamos aos fatos: Os X-Men estavam vendendo demais e tudo que girava em torno deles (inclusive as outras equipes de mutantes) fazia muito sucesso. Junte este sucesso à uma época de ação explosiva, combinada com a já iniciada especulação de compras de quadrinhos e finalizando com todo o hype em cima de desenhistas como Todd McFarlane, Jim Lee e o próprio Liefeld, o sucesso da publicação era garantido. Querendo ou não, isso ditou regras no editorial que se seguiu por todo os anos 90. X-Force 1 foi publicada no Brasil em X-Men nº78 em Abril de 1995.

01 – X-Men (1991) nº01 (8.2 Milhões de Cópias)

Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos

A junção do lendário roteirista dos X-Men Chris Claremont e do desenhista sensação da Marvel na época Jim Lee, trouxe à vida a edição mais vendida da história da nona arte. Todos os desenhistas queriam copiar Jim Lee. Seu traço foi base durante muito tempo para novos desenhistas, inclusive em outras editoras. O estilo explosivo e impactante, cheio de ação, foi tudo que a molecada queria na época. Fora o sucesso assombroso de um novo título, os especuladores obviamente viram mais uma oportunidade de ganhar muito dinheiro. Esta edição foi publicada no Brasil em X-Men nº01, 2ª Série, em abril de 1995.

Neste Top 10 Quadrinhos de Super-Heróis mais vendidos, estas edições dos anos 90 fizeram história aqui no Brasil. E vocês? Curtiram esta época? Compraram destes quadrinhos? Comentem abaixo o que vocês tinham!

Léo Palmieri

Léo Palmieri

Pai, marido, nerd. Fã do Surfista Prateado e do Superman, juntou uma equipe de super-pessoas para trabalhar no projeto Crossover NERD com o intuito de divulgar o belíssimo mundo geek!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *