Superman & Lois – Quando um Herói Inspira

Superman & Lois – Quando um Herói Inspira

Superman & Lois é a nova série da CW, produzida em parceria com HBO MAX e traz após muitos anos, uma nova série do nosso Kryptoniano favorito. Desta vez acompanhado de Lois e seus dois filhos. Acompanhe nosso review e impressões do primeiro episódio.

Sinopse de Superman & Lois

Em Superman & Lois, após anos salvando o planeta, o super-herói mais famoso do mundo, Superman, o Homem de Aço, também conhecido como Clark Kent (Tyler Hoechlin) e a jornalista mais famosa dos quadrinhos, Lois Lane (Elizabeth Tulloch), vão ter que lidar com seu maior desafio: Lidar com o estresse, pressão e complexidade de se criar filhos. Para complicar ainda mais o trabalho de criar dois meninos, Clark e Lois também precisam se preocupar com o fato de que seus filhos Jonathan (Jordan Elsass) e Jordan (Alexander Garfin), podem herdar os poderes kryptonianos do pai quando ficarem mais velhos.

Ser o Superman, marido e pai… Um grande desafio

Após um acontecimento trágico, a família se vê obrigada a retornar a Smallville para lidar com negócios da família Clark e Lois reencontram Lana Lang (Emmanuelle Chriqui), uma agente de empréstimos que também é, por acaso, o primeiro amor de Clark, e seu marido, chefe da equipe de bombeiros, Kyle Cushing (Erik Valdez). Os filhos dos Kent então são apresentados à filha rebelde de Lana e Kyle, Sarah (Inde Navarrette). Obviamente, não há descanso na vida de um super herói, ainda mais com o pai de Lois, o general Samuel Lane (Dylan Walsh), procurando pelo Superman para que ele lide com vilões e salve o dia. 

Impressões do Episódio (Pode conter pequenos Spoilers)

Quando pessoas me falam ou eu vejo em sites que o Superman não tem mais lugar no mundo por não ser “relevante”, me pergunto se eu vivo no mesmo mundo que essas pessoas! E até admiro os esforços da Warner no cinema pra tentar fazer o personagem “relevante”, tentar tornar ele “identificável”. O que sinceramente nunca achei que ele não fosse ou principalmente, que ele é, é um ser INSPIRADOR! Superman desde de sua criação e por ser o personagem mais poderoso do planeta, passou e e vai passar por situações absurdas. Como disse o Batman uma vez numa HQ “Ele é tão humano que chega a ser irritante!”, é na sua humanidade que ele nos inspira e ao final nos identificamos com ele. Nunca me deixei levar pelas pessoas que o colocam num pedestal e o tratam como um Deus que eu não posso me identificar e, mesmo que fosse o caso, quantos e quantos personagens da ficção que imitei na infância e até na minha imaginação adulta por almejar ser como o personagem e não por parecer com ele? Conan, o Bárbaro e Capitão Kirk que o digam, pois como eu queria ser esses personagens e me divertia com isso.

Um herói Inspirador… É isso que o Superman é

O que pra mim atualmente não funciona no cinema, brilhantemente funciona na TV, onde década após década o personagem esta lá em sua essência e gloria! De 1952 a 1958 tivemos As Aventuras do Superman, de 1988 a 1992 Superboy, de 1993 a 1997 Lois e Clark: As Novas Aventuras do Superman, de 2001 a 2011 Smallville, Krypton de 2018 a 2019, Supergirl 2015 – atualmente, essas series pegam etapas diferentes da vida do personagem, sendo o Superman Jovem envolto a relacionamentos e problemas com namoros, a juventude familiar, amorosa e amizades, a vida de casado, e o passado do seu avó, ou a jovem aventura de sua prima.

Nem vou citar as séries e ou longas animados, sem contar a quadrilogia onde o herói já tinha brilhado magistralmente nos cinemas com Christopher Reeve no papel e até podemos incluir nessa, Superman o Retorno, com Brandon Routh no logar do Reeve mas interpretando o mesmo universo da quadrilogia.

Superman & Lois
Lois & Clark, uma das produções de maior sucesso com relação ao Superman

Superman é um personagem que década após década seja nas HQ´s, filmes, series e TV, se faz presente. Como ele pode ser não atrativo pro publico? Quantos e quantos lares se ligam no personagem? Bem já me alonguei demais. Me diz ai o que vocês acham desses pensamentos… Mas vamos la voltar pra serie da vez!

Este Superman e a Lois, nos foram apresentados na serie de sua prima Supergirl e com o sucesso do personagem, resolveram investir em uma nova série com o Super em toda a sua glória, visto que foram 10 anos de Smallville sem ele usar a roupa e capa! E logo de cara, temos uma pequena introdução de origem: Criança enviada a terra, fazendeiros bondosos, se tornando super, casando e tendo filhos… E é aqui que entra o melhor da serie! Já vimos em outra série e HQ´s a vida de casado, mas aqui é como ser Superman, administrar uma família e filhos que podem ser meta-humanos ou não. Inclusive, até um filho adolescente com transtorno de ansiedade. Como um pai que sempre se sentiu um ser fora do mundo na juventude, fará pra criar essas crianças e passar para elas seus valores? Só aqui a serie conquista um público diversificado! Da criança ao jovem, e ao adulto que passam por todas essas questões se identificarão com o Super e ele nem precisa fazer cara de choro ou demostrar raivinha reprimida pra tentar te conquistar. Aqui é o velho e bom Superman lidando com a vida e os problemas.

Superman & Lois
A dinâmica do casal está incrível!

A interação familiar é muito boa! Como eles voltam pra Smallville, vão ter que lidar com amores da juventude, com o parceiro atual de Lana Lang (gostando ou não) e seus filhos se relacionando, ao mesmo tempo em que terão que lidar com a descoberta de que seu pai é o Superman e que podem ou não, vir a terem poderes. Tudo isso enquanto Superman salva a Terra e é perseguido por um ser poderoso que aparenta saber muito sobre ele! Gostei demais do General Sam Lane, pai da Lois, ter uma interação bacana com o Superman em vez do sempre vilão das HQs. Os problemas familiares estão aqui, então ficou muito interessante essa dinâmica.

No mais, a série por ser co-produção da CW com a HBO teve um grande investimento de grana. Se manter a qualidade do show, tem tudo pra ser uma das melhores coisas já feita com o personagem. Desde que, não errem com os roteiros.

Para encerrar, a cena da abertura onde eles reproduzem a cena da capa da Action Comics 1, onde foi a primeira aparição do Superman, com ele usando a roupa clássica de 1938 me fez chorar… E olha que já tinha chorado com a mesma referência em Superman: O Retorno de 2005. Mas aqui, está completa em toda a sua gloria e com o Super sorrindo ao final. Esse é o Super… Inspirador! E que continue assim!

Superman & Lois
Superman a cores e Sorrindo, com o uniforme de 1938!

PARA O ALTO E AVANTE!!!

Andrei Sorren

Andrei Sorren

Humilde fã e amante da nona, sétima e várias outras artes! E nada na vida é melhor que ler uma boa HQ comendo pizza...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *