fbpx

Superman & Lois S01 Ep03 – Review

Superman & Lois S01 Ep03 já começa com um Superman salvando as pessoas e sorrindo! Acompanhe nosso review deste capítulo e fique antenado para a cobertura desta série.

Sinopse: Em um café da manha em família Clark compartilha sua historia kryptoniana com Jonathan e Jordan. Enquanto isso, Lois e Chrissy continuam a investigar a verdade sobre Morgan Edge.

Olá meus caros, como perceberam encurtei o máximo possível a sinopse desse terceiro episodio pois quero muito falar sobre ele. Quantos momentos sublimes! Momentos tão sublimes que um dia vão se perder como lagrimas na chuva…

Superman & Lois S01 Ep03

Bem, vamos falar sobre o episódio, com spoilers é claro!!!

O episódio abre com uma cena banal, cotidiana, com a família reunida decidindo quem pinta um cômodo da casa, e é claro, que se segue uma guerra de tintas, no meio disso tudo Clark escuta algo com sua super audição e voa para a China para salvar pessoas de uma ponte desmoronando. Na casa, Lois olha para os filhos e brinca com o fato de não ter que esconder mais que o pai é o Super e continua a guerra das tintas, que depois segue para um café da manha onde a família fala sobre a super audição e como o Clark separa coisas banais como alguém gritando um táxi para alguém pedindo socorro, ao qual ele fala que foram anos de treinamento na Fortaleza da Solidão para conseguir separar os sons.

Isso nos leva para os garotos já na escola. Jordan está conversando com Sarah enquanto o namorado dela percebe ambos e vai pra cima dele no corredor, e o empurra contra a parede. Clark está na fazenda consertando um trator e de repente pára e começa a ouvir o mundo e separa o som dos filhos e do batimento cardíaco acelerado do filho sob ameaça, Jordan começa a ficar nervoso e o olho a mudar de cor, do nada surge Clark no corredor da escola como se estivesse ali de passagem os garotos debandam e os filhos ficam surpresos (e putos) com o pai pois o mesmo estava a vigiá-los. Lois o faz entender que errou e o lembra que ela mesma quase não o perdoou no passado quando ela descobriu o mesmo.

Jordan resolve usar sua super-força pra entrar no time de futebol americano o que faz ele confrontar seus algozes e acaba por sobressair sobre todos os outros, pois é uma super força moderada, diferente da do seu pai. Seu irmão acaba por ficar triste, pois era ali que ele se sobressaía, mas ao perceber como finalmente seu irmão estava feliz ao fazer parte de algo e com amizade, acaba por convencer Clark a deixar ele seguir no time, apesar do medo do pai. Então pai e filhos fazem um acordo, de que Clark entre pra ajudar o time como ajudante para caso algo saia errado.

Enquanto isso, Lois ao perseguir pistas sobre Morgan Edge, se depara com uma mãe que perdeu um filho que trabalhava para ele e ao investigar, Lois tem seu carro queimado. Ao ir ao encontro da mulher, acaba por ser surpreendida por um homem que a ataca, ela ativa o comunicador do Superman que ao chegar, é detido pelo homem que também é um meta humano. Superman bate forte mas não o suficiente, e é espancado no chão. Superman ouve a voz de Lois e levanta usando seu sopro congelante o detendo o vilão, mas é preciso escolher entre perseguir o homem ou salvar a vida da mulher em perigo e é óbvio que ele vai salvar a vida da mulher, enquanto o vilão da semana escapa. Mas este meta-humano, mesmo fugindo em um carro, é parado por uma mulher a pé que o destrói com uma visão de calor, e ai fica o mistério pros próximos episódios.

Agora vamos falar sobre a cena com o Clark numa manhã da fazenda percebendo os sons e simplesmente, aparecendo no corredor da escola. Foi uma sacada bem bacana e muito bem feita! Sem maiores alardes e o que deixou a cena bem bonita até. Os problemas com os filhos foram bem tratados! Gosto do personagem do Jonathan pois ele tem muito do Clark em abdicar do que quer em prol dos outros. Mesmo que tenha frustrações, ele passa por cima. Espero que isso continue sendo bem retratado. Clark fingindo não aguentar carregar o cooler de água enquanto esta com o time dos filhos é bem bacana e ele sempre da um sorriso meio bobo pras pessoas, o que o faz diferir bastante do Superman, o que é bacana e meio que se perdeu com a visão cinematográfica atual. Infelizmente, não dá pra evitar comparações.

A cena do confronto do Super no quarto de Hotel também foi algo que gostei bastante e me surpreendeu pelo uso do sopro congelante, e cada golpe é forte e sentido de ambas as partes. Muito bacana mesmo!

A série, mesmo por não ser de alto investimento, têm uns efeitos bem trabalhados. Já sabendo que era da Warner, o foco nem eram os efeitos visuais serem perfeitos, só queria mesmo que os roteiros fossem bons, uma coisa que a serie da sua prima esqueceu na maior parte… Uma grande pena pois foi um potencial imenso desperdiçado.

Continuo torcendo pelo avanço da série, com roteiros e cenas bem trabalhadas pois gostei da dinâmica familiar.

E volto a ressaltar a cena do Clark na fazenda só ouvindo os sons e encontrando seus filhos… Que cena sublime!

Até o próximo episodio, para o alto e avante.

Andrei Sorren

Humilde fã e amante da nona, sétima e várias outras artes! E nada na vida é melhor que ler uma boa HQ comendo pizza...