fbpx

Justiça (2005) – Review

Justiça, é uma publicação de 2005 roteirizada por Jim Krueger e desenhada pelo grande Alex Ross, em parceria com Doug Braitwaite. Esta divertida história da Liga da Justiça nos remete muito a boas lembranças dos desenhos dos Superamigos, justamente pelo cast de heróis e vilões serem semelhantes aos daquela época. Porém, as semelhanças ficam por aí.

Superamigos!  Nostalgia pura!
Superamigos! Nostalgia pura!

De repente, uma catástrofe nuclear atinge o planeta e aparentemente, os heróis da Liga da Justiça estão tentando salvar os cidadãos das consequências deste cataclisma. Aos poucos, os heróis não vão dando conta do desastre, por ocorrer no mundo todo e no final, apenas o Superman fica vivo. Porém, era tudo um sonho. Mas um sonho… dos vilões. Vemos então, que o Gorila Grodd está enviando os sonhos para todos os vilões que sua mente consegue influenciar.

A exuberante arte de Alex Ross
A exuberante arte de Alex Ross

Do nada, vários vilões super conhecidos começaram a fazer benfeitorias por todo o planeta, deixando a mídia surpresa e os heróis, com uma pulga atrás da orelha. Aos poucos, é nos mostrado que de alguma forma os vilões estão unidos em uma ação conjunta, para desmoralizar os heróis da Terra. Lex Luthor e outros vilões, aparecem em um holograma gigante difamando os heróis, questionando o porque deles não resolverem problemas como a fome ou problemas físicos das pessoas, ações que os vilões estão executando.

Luthor em um Holograma, denegrindo os heróis
Luthor em um Holograma, denegrindo os heróis

Ao mesmo tempo, o computador do Batman parece ter sido invadido e dados muito importantes de todos os heróis como suas próprias identidades secretas, são compartilhadas entre todos os vilões. Nesta situação, Aquaman é atraído pelo Arraia Negra e sofre uma emboscada e logo nos é mostrado, que Brainiac precisa dele pelo seus dons de controlar as criaturas marítimas, para fazer algo muito importante. Ao mesmo tempo, já com suas identidades conhecidas conhecidas pelos vilões, outros heróis são atacados sem piedade e se veem, em uma situação extremamente problemática.

Com suas identidades secretas reveladas, os heróis são emboscados sem piedade!
Com suas identidades secretas reveladas, os heróis são emboscados sem piedade!

De um lado, passamos a ter os heróis extremamente acuados, com suas identidades reveladas e de outro, temos vilões unidos e agindo coordenadamente, para convencer a população de que os heróis na verdade, são os verdadeiros vilões. E o cataclisma nuclear? É sonho? Ou uma realidade próxima?

E como isso acaba? Espero que este humilde review, lhe dê vontade de ler o quadrinho!

Advertisements
Loading...
Quase todo panteão de Heróis da DC aparecem na história
Quase todo panteão de Heróis da DC aparecem na história

Com um ótimo roteiro e arte exuberante, Justiça é nostálgico e atual ao mesmo tempo. Vivemos tempos onde ser mal é uma opção de vida e todo o trabalho dos vilões para denegrir a imagem dos heróis, é semelhante a muitas ações políticas ou de assassinato de reputação de celebridades. É uma leitura agradável e com um cast de heróis muito grande, onde herós “lado B” como a Patrulha do Destino também aparecem. Recomendamos muito essa HQ!

Capa Nacional de Justiça, pela Panini
Capa Nacional de Justiça, pela Panini

Caso queiram comprar a HQ, clique aqui para ser redirecionado ao site da Amazon, que é onde compro quadrinhos por ser mais em conta e sempre têm promoções.

Obrigado pela atenção de vocês! Até mais!

Advertisements
Loading...

Avatar

Léo Palmieri

Pai, marido, nerd. Fã do Surfista Prateado e do Superman, juntou uma equipe de super-pessoas para trabalhar no projeto Crossover NERD com o intuito de divulgar o belíssimo mundo geek!

%d blogueiros gostam disto: