Pulp – Do Faroeste à Segunda Guerra Mundial

Pulp – Do Faroeste à Segunda Guerra Mundial

Pulp, um dos melhores quadrinhos lançados em 2021 no Brasil, traz uma trama densa e cheia de reviravoltas. Acompanhe abaixo, nosso review SEM SPOILERS do quadrinho.

Duas histórias, um protagonista

Pulp, do renomado roteirista Ed Brubaker e Sean Phillips, lançada nos EUA em 2020 e aqui no Brasil em 2021 pela editora Mino, nos traz uma das melhores histórias em quadrinhos já contadas em poucas páginas. Para muitas pessoas que estão acostumadas aos quadrinhos serializados de super-heróis, hoje em dia é bem difícil tramas que se desenvolvem e se resolvem tão rápido em qualquer publicação.

Mas Pulp, é diferente.

Eu sou um ávido fã de filmes de faroeste. Gosto muito de filmes como “Por um Punhado de Dólares” ou “Três homens em Conflito“. Leio muita coisa de Tex também. Portanto, à um primeiro momento, a capa do quadrinho já me interessou. Lendo a sinopse atrás da publicação, você têm de fato, uma ideia clara do que está para ler.

Mas Pulp, por incrível que pareça, é muito mais que isso.

Uma trama onde duas histórias, possuem um só protagonista

Na trama, acompanhamos Max Winter. Max, é um quadrinista que trabalha para uma editora em Nova York produzindo um quadrinho com temática Western (Ou se preferirem, Bangue-Bangue) contando as histórias do pistoleiro Kid Rio Vermelho. Max ganhava muito pouco por seu trabalho e seu editor era o que poderíamos chamar de alguém bem sádico e sacana.

Durante o desenvolvimento da história, somos contextualizados de fatos referentes a Kid Rio Vermelho, que em certo ponto, passam a convergir com a a história de Max, até que se conclui, que as histórias de Kid Rio Vermelho são uma autobiografia do próprio Max, durante os anos de 1890. Isso faz a trama do quadrinho, revezar com o presente de Max, e suas lembranças.

Mas Pulp, não é só sobre isso.

pulp
Uma narrativa se passando em duas épocas, nos imergindo em dois mundos completamente diferentes

É importante salientar que o passado de Max não é exatamente como nas histórias de Kid, já que o editor-chefe de Max constantemente o impede de publicar a história de sua forma original. Muito da alteração de gosto literário da população se dá, ao fim do período da grande depressão e a atual ascensão nazista na Europa.

E falando em nazistas, aqui está um ponto chave na trama. O quadrinho literalmente faz uma crítica severa sobre um inimigo de dentro, onde que existiam já nazistas vivendo em solo americano. Vale lembrar que a construção do nazismo na Europa, teve um período de quase 20 anos para se estabelecer. Ou seja, tempo suficiente para existir apoiadores nos Estados Unidos naquela época.

pulp
A ascensão Nazista na Europa é um dos pontos-chave na trama

Pulp é uma graphic novel que segue um padrão Noir constante, e a todo tempo nos deixa envoltos aos pensamentos de Max e essa Nova York cheia de perigos, mentiras e com a tensão sufocante. A narrativa nos leva para algumas viradas insanas no enredo, nos fazendo pensar se faríamos o mesmo que Max se estivéssemos em sua pele. Ed Brubaker e Sean Phillips se asseguraram de manter o clichê noir durante a narrativa, mas também se asseguraram de fazer as críticas e apontamentos necessários sobre um homem em constante pressão.

A falta de dinheiro, a vontade de cuidar de alguém que lhe quer bem, seu passado que ainda ferve em seu sangue, uma história ainda não terminada… Pulp é tudo isso, e muito mais!

Vale a Pena comprar Pulp?

Sim, vale muito à pena! A editora Mino nos trouxe uma pérola dos quadrinhos. Como eu disse acima, são raros hoje quadrinhos que te entregam uma trama tão intrincada, com viradas de enredo e imersão com poucas páginas. Pulp é tão intenso, que tivemos a impressão de assistir um ótimo filme de época cheio de flashbacks. Por mais que a história se passe em um passado distante e citações ao velho Oeste, Gripe Espanhola, primeira guerra, grande depressão e o início da invasão Alemã a Checoslováquia sejam feitas, a história possui um contexto bem atual ao que se diz sobre dilemas em nossas vidas. Muitos têm um passado… Mas nem todos deixaram de vivê-lo.

Espero que este humilde review, lhes dê vontade de ler o quadrinho! Caso queiram adquirir a obra, cliquem aqui para comprar com desconto na Amazon. Até mais!

Pulp

Título: Pulp
Autor: Ed Brubaker e Sean Phillips
Data de Lançamento: Julho/2021
Acabamento: Capa dura, papel couchê colorido
Formato: 17 x 26 cm
Número de páginas: 80
ISBN: 9786589737056

Léo Palmieri

Léo Palmieri

Pai, marido, nerd. Fã do Surfista Prateado e do Superman, juntou uma equipe de super-pessoas para trabalhar no projeto Crossover NERD com o intuito de divulgar o belíssimo mundo geek!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.