fbpx

Forrest Gump – O que muda das páginas para as telas?

Forrest Gump é um clássico das telas que conquista espectadores desde 1994, a premiada adaptação cinematográfica da obra de Winston Groom tem muitos motivos para ser amada, mas… e se eu te contar que o livro é diferente? Que há mais detalhes? E que no fim das contas é muito melhor?

Drama, Draminha Dramalhão x Rir de doer a barriga!

Para conquistar os espectadores a obra que chega as telinhas dá uma boa caprichada na carga dramática. A começar pela mãe de Forrest, que no filme não aceita que ele é um idiota (palavras do próprio personagem, não me matem :P), enquanto na escrita ela aceita a condição do filho e comemora cada passo que ele dá, pois sabe o quão especial é em si, ele chegar ali.

A trajetória escolar do nosso amado e querido Forrest é diferente. No livro ele vai para a escola regular apenas por ter porte para esportes, até então ele frequentava, nas palavras dele, “a escola de doidos” e gostava muito.

No filme há uma certa vitimização, enquanto no livro… Ah meus caros… o livro te faz rir de chorar, de doer a barriga! Em váááários trechos eu tive que ler para meu marido, ou tentar ler, porque a situação era tão, mais tão engraçada que eu não conseguia terminar a leitura. A narrativa é feita pela perspectiva de Forrest, onde sua visão inocente e até bobalhona nos faz rir do que seria dramático. Há uma parte em que ele descreve um conflito no Vietnã que 100-HOR! Não parece uma guerra, parece um Stand Up! A escrita de Groom é muitíssimo perspicaz! Ah, é importante mencionar que como quem escreve é o Forrest há erros gramaticais propositais, ok?!

Forrest não é tão mocinho e Jenny não é vilã…

Uma das coisas que me levou a querer ler o livro foi o desfecho romântico do livro e qual foi a minha surpresa?
No filme a carga do não dar certo é jogada sobre Jenny, porém na narrativa original não é nem perto disso!

Forrest é um idiota, mas não inocente e facilmente enganado como no filme. E quem apronta e MUITO com a mocinha é ele!

Analisando em um viés mas político, digamos assim, o filme tem sim uma abordagem machista. Não é Jenny que é instável e vai e volta para a vida do Forrest e sim ele que faz más escolhas e colhe as consequências disso…

Forrest
Diferenças gritantes com o filme

Enxugamento de personagens e final alterado!

Vale a pena conhecer a obra literária para conhecer a profundidade da obra. Na telinha enxugaram personagens e trocaram aventuras… Você sabia que até astronauta o Forrest foi? Pois é!

Aliás… até com canibais ele viveu!

Dito tudo isso, reforço: Vale MUITO a pena ler essa belezinha! Foi uma das minhas leituras favoritas da vida. Espero que se torne para você também!

Caso queiram adquirir o livro, cliquem aqui e comprem com desconto na Amazon.

Dri Lulho

Dri Lulho

Professora de pequeninos, leitora voraz, jogadora de RPG, viciada em Stardew Valley e doida por cachorros. NERD desde sempre, buscando compartilhar conhecimento.

%d blogueiros gostam disto: