fbpx

Batman: A Corte das Corujas – Review

A Corte das Corujas vigia…” Uma velha canção infantil em Gotham dizia que as corujas vigiavam seus habitantes. O que Batman não sabia, é que esta canção carregava muito mais verdades do que parece.

Escrita por Scott Snyder e desenhada por Greg Capullo em 2011, a saga da Corte das Corujas mostra um novo e implacável inimigo para o Batman. Sendo a primeira saga do Batman no período pós reboot da DC Comics, os Novos 52, A Corte das Corujas se mostrou uma ótima saga a princípio, sendo o primeiro real desafio do Batman neste período. Com um novo jogo do Batman a ser anunciado, a Corte das Corujas será um dos prováveis antagonistas do game.

Neste review sem spoilers, falaremos da saga completa lançada pela Panini nos encadernados A Corte das Corujas e A Noite das Corujas.

A Corte das Corujas vigia…

Até então, a Corte das Corujas era apenas um imaginário popular, os protagonistas de uma canção de ninar dos habitantes de Gotham. Porém, isso se mostrou tão verdadeiro e sinistro que conseguiu surpreender até mesmo o preparo do Homem Morcego. E como todos sabem, Batman não acredita em lendas, apenas em fatos.

A partir do momento que muitas pessoas poderosas e importantes em Gotham City começam a morrer assassinadas, Batman inicia uma investigação para localizar este assassino. Aparentemente, o assassino é um exímio lutador, com um alto nível de conhecimento em combate corpo-a-corpo e provavelmente, não age sozinho.

Este incrível oponente tem uma lista grande de pessoas poderosas para matar e quando falamos em pessoas ricas, poderosas e influentes em Gotham, Bruce Wayne é uma delas. Eventualmente, ele é atacado por este assassino e quase escapa sem vida. A partir daí, Batman percebe que existe um plano de controle de toda a situação e eventos que ocorreram e ocorrem em Gotham.

No rastro deste assassino altamente treinado, Batman é levado aos subterrâneos de Gotham, onde encontra um gigantesco labirinto. Após vários perigos ali, Batman chega a constatação de um terrível fato: A Corte das Corujas existe! Batman também descobre que a Corte das Corujas controla a cidade de Gotham a gerações, desde as finanças até quem vive ou morre.

Batman agora tem vários problemas para resolver: Sobreviver ao assassino, sair do labirinto, investigar todas as ligações de gerações com a Corte, expor o grupo secreto e tentar, recuperar o comando da cidade. Uma tarefa hercúlea e nada fácil, mesmo para o preparo do Homem Morcego.

Porém, esta investigação trará à tona muito mais do que um grupo criminoso. Batman vai descobrir ligações com até mesmo a própria Bat-Família e vai entender que Gotham City, nunca foi de fato o que parecia.

Os encadernados da Saga da Corte das Corujas valem a pena?

Sendo um evento canônico na cronologia do Batman, é de fato indispensável, pois a Corte foi estabelecida como um inimigo constante do Homem Morcego. É uma história com muita ação, investigações, com um incrível “plot twist” e de quebra, uma história do pai do mordomo Alfred, com relação à Corte. Provavelmente, o melhor trabalho da dupla Scott Snyder e Greg Capullo.

Para comprar os encadernados da saga completa, clique aqui para o encadernado da Corte das Corujas e aqui para o encadernado da Noite das Corujas, que fecha a saga. Caso você goste da nova coleção de encadernados “Noir” do Batman (Histórias famosas do herói em preto e Branco), clique aqui para comprar o encadernado com a Saga completa (Com a Corte e a Noite das Corujas em uma só publicação).

Espero que este humilde review, lhes dê vontade de ler o quadrinho. Obrigado pela atenção, e até mais!